segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Romeu Correia - o vagabundo com mãos de povo


Só houve um jornal de âmbito nacional que se "lembrou" da passagem do Centenário do nascimento de Romeu Correia e lhe ofereceu duas páginas inteiras, num bela crónica, literária e memoralista, que também tem um bonito título, "Romeu Correia - o vagabundo com mãos de povo", assinada por Domingos Lobo.

Mesmo sendo um jornal partidário, o "Avante" merece o nosso mais vivo aplauso, por ser um semanário com memória, e neste caso particular, um "oásis" no nosso panorama cultural.

sábado, 18 de novembro de 2017

Leitura Encenada e Quiz Temático...


Um Dia Cheio para o Romeu...


Ontem foi um dia cheio que teve o seu epilogo ao fim da tarde no Fórum Romeu Correia, onde depois de ter sido feita uma evocação ao homenageado por Mário Araújo foi descerrada uma placa comemorativa do centenário de Romeu Correia pela presidente da Câmara, Inês Medeiros, e pelos seus familiares (Julieta Correia e Vasco Branco).


Depois houve espaço para discursos, onde o mais sentido acabou por ser o do neto de Romeu, com Vasco Branco a andar atrás no tempo e a  recordar o avô, com emoção, sem se esquecer de agradecer às pessoas e às associações que têm contribuído para que 2017 seja o ano de Romeu Correia.


E no final seguiu-se o lançamento do livro, "Comédia de Maus Costumes", uma das peças que Romeu escreveu, e que permaneciam inéditas, com apresentação de Alexandre Flores, uma edição com o apoio do Município.

(Fotografias de Luís Eme)

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

"Romeu Correia Talvez Poeta" na Mostra


Quando escrevemos sobre a 21.ª Mostra de Teatro de Almada, prometemos voltar a falar da única peça do certame que homenageia o melhor dramaturgo almadense de sempre e um dos melhores nacionais do século XX.

Referimo-nos à peça musical, "Romeu Correia Talvez Poeta", que será quase uma revisitação às canções do disco "Luisa Basto Canta Romeu Correia", de novo com a voz Luísa Basto e também de João Fernando e José Carlos Tavares, e ainda com a participação do Grupo de Teatro da Associação Cultural Manuel da Fonseca e de Gil Marovas, com guião de Ferrer Asturiano.

Há ainda outro atractivo, a utilização das vozes de Romeu Correia e de Vasco Branco (voz off), em alguns dos poemas utilizados nesta homenagem ao grande escritor de Almada.

Outra singularidade não menos importante, é esta peça nascer no seio do Associativismo Cultural Almadense, da qual Romeu sempre se sentiu um dos seus filhos pródigos.

A peça é exibida amanhã, às 21.30 horas no Auditório da Academia Almadense.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

A Tertúlia "Cem anos de Romeu Correia"


Ontem ao fim da tarde aconteceu mais uma homenagem a Romeu Correia, a tertúlia "Cem Anos de Romeu Correia", organizada pela Associação dos Amigos da Cidade de Almada, que contou com a presença de Alberto Pereira Ramos, amigo do escritor e associativista, Alexandre Flores, historiador, Rodrigo Francisco, director teatral e de Eduardo Raposo, presidente da AACA, que moderou as intervenções dos convidados e do público.


A sessão iniciou-se com a projecção do programa transmitido na RTP Memória, "Trinta Minutos Com...", que é sem dúvida um excelente documento histórico, onde o Romeu de uma forma sintética faz uma viagem pela sua vida.

Em suma, mais um final de tarde agradável com Romeu Correia.

(Fotografias de Luís Eme)

sábado, 11 de novembro de 2017

Uma Exposição Diferente Sobre Romeu Correia


Foi inaugurada hoje, às 16 horas, a exposição, "Romeu Correia, entre Palavras, Olhares e Sonhos", com 27 trabalhos inspirados nas palavras, nos olhares e nos sonhos de Romeu, o grande escritor de Almada do Século XX.


A originalidade acaba por ser a marca mais significativa, assim como a componente poética desta "criação, recreação e montagem" de Luís Milheiro.
Mas o que despertou mais atenção e interesse foi a instalação "Recriação (Livre) da Oficina de Sapateiro de Bernardino Lopes", um apaixonado pelos "bonecos de luz".


É uma exposição a não perder por todos aqueles que gostam da obra e do autor de livros tão emblemáticos de Almada como o "Trapo Azul", a "Gandaia", "Cravo Espanhol" ou "Bonecos de Luz".

(Fotografias de Luís Eme e Alzira Lopes)

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

"Romeu Correia, Entre Palavras, Olhares e Sonhos"


No próximo sábado, 11 de Novembro, às 16 horas, será inaugurada a exposição, "Romeu Correia, Entre Palavras, Olhares e Sonhos", na Sede da SCALA (rua Conde Ferreira).

As palavras (de e para o Romeu) são o grande suporte desta mostra artística, mas há várias surpresas, como uma "recriação" cinéfila cheia de beldades dos anos 20 e 30...).

O grande aliciante desta exposição, é ser tudo "novidade". Ou seja, todos os materiais expostos são inéditos (na forma como são apresentados).

É uma exposição a não perder por todos aqueles que gostam do Grande Escritor de Almada.